Controle de Erosão

Estudos de controle da erosão exigem a caracterização dos fatores e mecanismos relacionados às causas do desenvolvimento dos processos erosivos. Assim, o primeiro ponto a ser considerado são os locais onde há maior concentração de erosões lineares que, no caso das áreas das nascentes do rio Araguaia, são as cabeceiras dos cursos de água de primeira ordem. Esses locais são zonas de convergência dos fluxos superficial e subterrâneo, havendo assim uma interação sinergética favorável aos processos causadores de incisões sobre vertentes. Em função dessa característica, áreas de cabeceira de drenagem devem ser consideradas como áreas de risco de erosão e, portanto, de formação de voçorocas.

Outro condicionante importante é o tipo de solo, uma vez que solos com textura arenosa são extremamente suscetíveis aos processos erosivos, em especial quando sofrem desmatamento generalizado e concentração do escoamento das águas pluviais. Um terceiro fator é a declividade, que interfere de maneira direta no escoamento superficial, sendo função inversa da infiltração da água no solo, ou seja quanto maior a declividade menor a taxa de infiltração.

O poder erosivo da água depende da densidade e velocidade do escoamento, da espessura da lâmina de água, da declividade e comprimento da vertente e da presença de vegetação. Conforme o tipo de vegetação e a extensão da área vegetada este processo pode ser mais ou menos intenso.

Ecomapa - Seu ambiente em harmonia
Para saber mais sobre nossos serviços, clique aqui.
Ecomapa   -   Serviços  -   Clientes   -   Galeria de Fotos   -   Blog Ecomapa   -   Orçamento   -   Contato

Endereço: QI 616 Conjunto 01 Lote 18 - Salas ns: 101/102 - Setor de Indústria e Oficinas, Samambaia/DF - CEP: 72.322-800
E-mail: contato@ecomapa.com.br
Telefones: (61) 8438-2749 / 9627-2488 / 9138-0434

Desenvolvido Por Tecnoig